Bodysurf: uma maneira íntima de surfar

24/05/2021



  • Você já ouviu falar no bodysurf? Talvez no surfe de peito? Ou quem sabe jacaré? Todos esses nomes remetem a uma mesma modalidade, que por sinal, é considerada como um dos esportes aquáticos mais antigos da humanidade. Como o próprio nome diz, bodysurf é o surfe de corpo, ou seja, a prancha é o seu próprio corpo.
    .
  • Surfista: Letícia Parada

    Inspirados principalmente nos golfinhos e nas focas, os humanos observavam de dentro e fora d'água a maneira como os animais se deslocavam no mar. E posteriormente começaram a deslizar sobre as ondas na tentativa de imitar esses movimentos. De acordo com antropólogos da Universidade do Havaí, o surfe teria surgido há pelo menos 2 mil anos antes de Cristo. Mas com certeza os havaianos já praticavam bodysurf antes da criação das pranchas de surfe.
     
    Um ponto que ajudou na propagação desse esporte para diversos lugares do mundo, não apenas na Polinésia, foram as rotas de navegação e comércio. Ambas favoreciam o compartilhamento de culturas entre os povos, ou seja, as pessoas tinham a oportunidade de mostrar suas culturas e conhecer outras diferentes.
    .
     
  • Surfista: Letícia Parada

    Um exemplo disso foi a chegada do primeiro europeu nas ilhas da Polinésia, mais especificamente no Taiti no ano de 1777. O capitão britânico James Cook pôde presenciar algo que lhe chamou a atenção naquele lugar: os nativos deslizavam sobre as ondas com alaias, canoas e também com o corpo. Com isso, o jovem explorador dos mares teria ficado curioso e experimentado o bodysurf também.
     
    Por ser uma prática que não requisitava nada a não ser estar no mar, o bodysurf foi ganhando espaço. Claro que a princípio o esporte era praticado apenas com o corpo e nada mais. Mas centenas de anos depois, a nadadeira foi criada e os bodysurfers aderiram a esse equipamento diante da velocidade e melhora do deslocamento dentro d'água adquiridas.
    .
  • Surfista: Letícia Parada

    Nada como sentir o mar bem próximo da gente, fluindo nas ondas de uma forma tão simples! E você? Já tentou experimentar o bodysurf também? Bora pra água!

    Beijos e boas ondas,
    Letícia


     
    A Letícia é seguidora da Langai no instagram e pega onda de bodysurf e handsurf, além do bodyboard. Além disso ela tem um canal no YouTube chamado "Ela no Mar" que mostra mais sobre a prática do bodysurf e handsurf. Você sabia que nós somos um blog colaborativo? Nossa missão é inspirar mulheres a surfar e um dos passos nesse caminho é dar voz as próprias mulheres. Se você também quiser compartilhar um desabafo ou conhecimento que seja útil pra mulherada surfista, é só chegar: luiza@langai.com.br

    Leia também: Diário de uma surfista: Claudinha Gonçalvez

Compartilhe

Comentários

Este site utiliza tecnologias como cookies para melhorar sua experiência de acordo com nossa política de privacidade. Ao permanecer navegando, você concorda com estas condições.

Estamos ocupados atualizando nossa loja para você e voltaremos logo.

Whatsapp