5 dicas para escolher a quilha certa

02/09/2021



  • Falar de quilha é um assunto tão complexo quanto falar de prancha. Existem diversas combinações possíveis, tamanhos diferentes, diferentes tipos de material e por aí vai. Nesse post a gente vai dar 5 dicas pra você levar em conta na hora de decidir qual quilha usar na sua prancha, ok? Mas nosso blog está cheinho de matérias falando sobre quilha pra você poder entender cada vez mais sobre o assunto, confira clicando aqui.


    _1 dica: seu tipo de surf
    Você gosta de um surf mais clássico (mais calminho, com menos velocidade, com a prancha mais presa, fazendo curvas abertas, por exemplo) ou mais progressivo (aquele com mais velocidade, prancha mais instável e manobras rápidas)? No geral surfistas mais clássicos costumam usar monoquilhas e biquilhas, surfistas mais progressivos curtem mais as triquilhas e quadriquilhas.


    _2 dica: tipo de onda
     O tipo de quilha que você vai escolher para a sua prancha tem a ver também com o seu tipo de prancha e consequentemente com o tipo de onda. Se você gosta de ondas mais gordinhas, provavelmente você curte um surf mais clássico com pranchas maiores e mais volumosas. O mais indicado seriam as monoquilhas, biquilhas ou quadriquilhas. Para ondas mais cavadas e mais rápidas com pranchas menores e menos volumosas, as triquilhas costumam ser a melhor opção.


    _3 dica: tipo de manobra
    Aqui o mais fácil pra você ter na cabeça é o seguinte: a quilha central segura mais a prancha e as laterais geram velocidade. Se você precisa de velocidade na manobra, pense nas quadriquilhas e biquilhas. Se você precisa de estabilidade e segurança, pense mais nas monoquilhas e triquilhas.


    _4 dica: seu peso e altura
    Pirou, Lidi? Não! AHAHAH É isso mesmo! Você sabia que as quilhas tem tamanhos diferentes? Então, tem quilhas P, M e G. Vou falar nessa dica só do peso e altura do surfista, ok? Porque você pode variar esses tamanhos com outras intenções no seu surf. Para dar uma boa resumida, segue o basicão: para surfistas maiores e mais pesados, quilhas maiores; para surfistas menores e mais leves, quilhas menores.


    _5 dica: preço
    Aqui avalie o seu bolso mesmo. As quilhas podem ser feitas de diversos materiais. Ai você avalia o quanto que você quer e pode investir numa quilha. O tipo de material pode ou não influenciar na hora que você está pegando onda. Se você está dando os primeiros passos no surf, não se preocupe tanto com isso. Provavelmente não vai ter tanta influência assim. Essa diferença no material é mais relevante quando o surfista está apurando as manobras.

    Lembrando que no surf nada é receita de bolo. Normalmente as dicas acima são o mais genérico, mas nada te impede de entrar num mar de ondas cheias de triquilha, por exemplo, nem mesmo de um surfista pequeno e mais leve usar uma quilha tamanho G (o que deixaria a prancha possivelmente mais presa), beleza? Então é isso. Espero ter ajudado.

    Beijos e boas ondas,
    Lidi


     
    Leia também: 19 praias em São Paulo para surfar no inverno

Compartilhe

Comentários

Este site utiliza tecnologias como cookies para melhorar sua experiência de acordo com nossa política de privacidade. Ao permanecer navegando, você concorda com estas condições.

Estamos ocupados atualizando nossa loja para você e voltaremos logo.

Whatsapp