Guia rápido: como escolher o tamanho de strep certo pra você

07/06/2021



  • Escolher o strep não precisa ser uma tarefa difícil. Por isso criamos esse guia rápido para te ajudar. Se você chegou aqui agora e ainda não viu o nosso post anterior: Strep, cordinha ou leash? Tudo que você precisa saber!, corre lá pra ver. Se já está por dentro, então você já sabe que o strep é aquela cordinha que prende a prancha ao surfista e que é um acessório mais do que essencial, e que vai ajudar a manter a prancha por perto quando você estiver dentro do mar.

    Agora, é super normal saber toda a teoria e na prática ficar na dúvida de qual comprar, qual tamanho ou espessura é a certa pra você, pra sua prancha e até pro tipo de mar você vai pegar. Mas não se preocupe porque nesse post eu vou te ajudar a entender tudo isso! Se liga:


    _tamanho/comprimento
    Como regra geral o strep tem que ser pelo menos do mesmo tamanho que sua prancha e, de preferência, nunca menor que ela. Ou seja, se você tem uma prancha 6'0" ou menor, escolha um leash de de 5 a 6 pés; se você tem uma prancha 7'2" ou 7'4", escolha um leash de 7 pés e assim por diante.


    _espessura
    A espessura do leash que você vai usar vai depender da sua experiência no mar e também do tamanho dele. De modo geral, se você é surfista iniciante, prefira um leash com maior espessura (6mm ou mais), pois eles são mais resistentes e vão aguentar os caldos por mais tempo.

    Se você já tem experiência e/ou compete, é recomendável que use um leash de menor espessura (4 a 5mm), que terá menor resistência e arrasto na água, aumentando sua performance.

    Um outro fator a se levar em consideração é a litragem (volume) da prancha. Prefira leashes mais grossos para pranchas maiores (funboard, longboard e stand up) e mais volumosas (mesmo que a prancha seja pequena) para compensar a força do repuxo que essa prancha vai ter.
    .


  • _tipos
    Os leashes feitos para pranchas de surf, longboard e standup são retos e sempre usados no tornozelo, e acompanham aquela lógica geral: streps maiores e mais grossos para pranchas maiores e mais volumosas e streps menores e mais finos para pranchinhas menores e menos volumosas.

    Já os leashes usado para bodyboard são geralmente em espiral (tipo fio de telefone antigo, sabe?) e usados no braço (no bíceps).


    _destorcedor
    O destorcedor, como o próprio nome diz, tem a função de evitar que o fio fique enrolando no seu pé ou na sua perna. O bom é que o seu leash tenha pelo menos um destorcedor (ou na pezeira ou no protetor de rabeta), pois isso evita do fio se emaranhar, evitando o risco de acidente e aumenta a vida útil do produto.

    Existem dois tipos de destorcedor:
    • Injetado, em que o destorcedor fica encapsulado na borracha e fundido ao fio, protetor de rabeta e pezeira e tem maior facilidade na distorção;
    • Nó, em que o próprio fio fica preso ao destorcedor através de um nó e costurado na pezeira e no protetor de rabeta.

    No geral, o tipo injetado proporciona o desenrolar mais fácil, porem tem um custo superior ao destorcedor tipo nó.


    _como usar
    O strep deve estar sempre preso no seu pé de trás. Então se sua base é goofy, seu strep deve ser preso no seu tornozelo esquerdo; e se você é regular, o strep deve ser preso no seu tornozelo direito.

    A mesma lógica vale para o bodyboard, só que ao invés de ser preso no tornozelo ele é preso no bíceps. Aa, e alguns surfistas que usam o longboard preferem prendê-lo na panturrilha, logo abaixo do joelho, evitando que ele enrosque no seu pé durante o surf, quando você caminha pra frente ou pra trás sobre a prancha.


    _nomenclatura: comp x regular
    Muitas marcas usam essa nomenclatura para diferenciar os leashes comumente usados para competição ("comp" de até 5mm) dos regulares ("regular", a partir de 6mm de espessura). Mas lembre-se que isso não é uma regra, é apenas uma referência.

    E aí, deu pra sanar as dúvidas? Espero que sim! São vários detalhes, mas aposto que você vai tirar de letra. E lembra, se algo ainda não ficou claro, chama a gente!

    Beijos e boas ondas,
    Cris


     
    Leia também: Strep: arrebentou e agora?

Compartilhe

Comentários

Este site utiliza tecnologias como cookies para melhorar sua experiência de acordo com nossa política de privacidade. Ao permanecer navegando, você concorda com estas condições.

Estamos ocupados atualizando nossa loja para você e voltaremos logo.

Whatsapp