5 motivos para você começar a surfar | Langai

5 motivos para você começar a surfar

Publicado: 29/06/2020

5 motivos para você começar a surfarSurfista: Bárbara Rizzeto | Foto: Neno Guto


Se você ainda coloca barreiras e está sempre arrumando uma desculpa pra não começar a surfar, vem comigo que até o final desse post vou te fazer mudar de ideia e começar de uma vez a sua história com esse esporte maravilhoso.



_1) é uma ótima forma de exercitar o corpo e a mente:

A prática do surf melhora o sistema cardiovascular e respiratório, isso porque o que você mais passa tempo fazendo durante uma sessão de surf é remando. Por isso a prática de exercícios físicos fora da água é super indicada para garantir um bom desempenho dentro da água -se não, você ficará cansada muito rapidamente (sério, é muita remada haha)

Além de todos os benefícios para o corpo, o surf também traz benefícios para a mente, como o alívio do stress e da ansiedade, pois o contato com o mar ativa os nossos sentidos e provoca ótimas sensações, além de reequilibrar nosso organismo com os inúmeros sais e nutrientes presentes na água do mar. Só pra vocês terem uma noção, o contato com o mar ativa a produção de vários hormônios no nosso corpo, olha alguns deles:

_dopamina e endorfina: responsáveis pelas sensações de prazer e bem-estar.

_epinefrina (também conhecida por adrenalina): responsável por preparar o organismo para a realização de grandes feitos.

_serotonina: considerada um estabilizador natural do humor pois ela é responsável por regular o sono, o apetite, a temperatura do corpo, os movimentos, e principalmente, coordenar as funções intelectuais fundamentais.

Um estudo publicado pelo American Journal of Sports Medicine indicou que 30 minutos de surf é suficiente para melhorar o seu humor, e com todos esses benefícios, como não seria, não é mesmo? 


5 motivos para você começar a surfarSurfista: Raíssa Vieira | Foto: Neno Guto


Pode ter certeza que o surf te motivará a criar o hábito de uma rotina mais saudável, desde a alimentação, até a regulagem do seu sono, para dormir cedo e pegar altas ondas no primeiro horário do dia seguinte.

Um fato interessante que relaciona o surf com a saúde mental é que ele pode ser usado como uma terapia alternativa para ajudar pacientes com casos de fibrose cística, autismo, depressão e até de transtorno de stress pós-traumático, então se você conhece alguém que se enquadra em algum desses casos, que tal pesquisar um pouco mais sobre o assunto e motivá-lo a praticar o surf?


_2) o lifestyle e o contato mais íntimo com a natureza que ele trás: 

É um lifestyle que ensina sobre respeito, persistência, paciência e superação de obstáculos. O surf depende exclusivamente da natureza para existir e os surfistas como dependentes dela para se divertir estão sempre mais sensíveis e atentos a problemas ambientais como: limpeza de praias, plantio de mudas, criação de palestras sobre conscientização com a comunidade.

Podemos citar diversos projetos criados por surfistas em prol da preservação do meio ambiente, porém vou falar um pouco sobre um projeto que foi criado na região onde eu moro, conhecido como Keep The Ocean Blue em parceria com a Oceano SurfWear. O projeto conta com o apoio de vários surfistas que são patrocinados pela Oceano, o lema do projeto é o seguinte: “Nós acreditamos e praticamos a preservação. Isso faz parte do nosso infinito. E é nessa vontade infinita de cada um que podemos ir mais fundo para fazer a diferença”. As atividades realizadas pelos surfistas do projeto são: palestras nas escolas, mutirões de limpeza das praias da região e plantio de mudas de espécies nativas. E eles estão sempre estimulando a população local a participar dessas ações, rola sorteio de itens sustentáveis e é sempre muito irado.

São iniciativas como essa que fazem da comunidade do surf o que ela é: única!

Bom... acho que deu pra entender onde estou querendo chegar com esse assunto todo (hahaha), o lifestyle de um surfista é simples: você se conecta e se importa com a natureza da forma mais pura, então se você já é uma pessoa assim, pode ter certeza que se dará muito bem entre a galera de um modo geral.


_3) não há limites no surf, sua evolução é constante:

Aprender a surfar é simples, mas pode se tornar algo muito difícil se você o fizer da maneira incorreta. Existem vários níveis de evolução no mundo do surf e você deve estudar e procurar orientação adequada para se dar bem em cada um deles, nunca pense que não irá conseguir, o surf é um esporte para TODOS, pois possui vários níveis e estilos diferentes, você vai encontrar o seu! Pra você entender melhor do que estou falando vou apresentar rapidamente as possibilidades de evolução no surf para lhe dar uma luz sobre o tema:


_nível 1 | iniciante: é quando você ainda não possui nenhuma habilidade no esporte, você vai precisar de uma prancha com boa estabilidade e flutuação para conseguir ficar em pé e se acostumar a ficar de pé na onda. O longboard é o mais comum de se usar nessa fase, pois é mais fácil ficar em pé nele. 


_nível | 2: iniciante/intermediário: depois que já estiver dominando a subida e conseguindo pegar a parede da onda, você vai poder decidir continuar no esporte com o longboard ou diminuir a prancha para prosseguir em um estilo diferente de surf. A próxima prancha que eu recomendo nessa fase é a funboard pois ela é o intermediário entre as pranchinhas e o longboard. Ela vai te ajudar a começar a pegar os movimentos de quadril do surf e posicionamento na onda. Nessa fase você já entende melhor o mar e os movimentos do seu corpo.


_nível 3: intermediário/iniciante: quando você começa a dominar o funboard, a entender o seu posicionamento no mar e os movimentos do seu corpo, já  tá na hora de pensar em dar um grande passo e comprar a sua primeira pranchinha, eu particularmente indico um modelo como por exemplo a evolution 6.6, pois ela se assemelha muito à funboard na largura e espessura, porém tem o formato de uma pranchinha comum, com o bico pontudo. Possibilita maiores manobras que a longboard e a fun e vai te iniciar no mundo das pranchinhas. Nesse nível de surf você já começa a se soltar mais, tem a manha do quadril e o molejo da prancha e já consegue acertar algumas manobras de base.


5 motivos para você começar a surfarSurfista: Ysia Mahara | Foto: Neno Guto


_nível 4: intermediário: quando você começar a acertar algumas manobras sem querer e ter uma certa constância de acertos das manobras de base e uma boa leitura de onda, você já é considerado um surfista intermediário. Muitas pessoas param nesse estágio (a grande maioria) pois para ir para o próximo nível é necessário começar a executar as manobras com mais precisão, então é indicado o acompanhamento de um surf coach nesse momento. 


_nível 5 | intermediário/avançado: nessa fase você já possui boa consistência na execução das manobras de base e elas criam arcos de água. Você consegue conectar suas manobras com maior facilidade, sem precisar se preparar muito. O objetivo nesse momento deve ser entrar e sair de tubos, mandar umas batidas mais no ponto crítico da onda e jogar cada vez mais água pra cima ao executar as manobras.


5 motivos para você começar a surfarSurfista: Bárbara Rizzeto | Foto: Neno Guto


_nível 6 | avançado: nesse estágio você domina a prancha e coloca ela onde você quer no mar. As manobras de base estão na na ponta do pé e jogam muita água pra cima, você conecta as manobras com muita rapidez e facilidade e já consegue sair de tubos. O objetivo nesse momento é aumentar a potência das manobras e aprimorar os aéreos.


_nível 7 | profissional: nesse nível você é um avançado que está sempre aprimorando todas as manobras do seu repertório e surfa praticamente qualquer tipo de condição de mar. Em geral só chega a esse nível quem compete e leva o esporte como profissão, pois exige muito esforço, dedicação, treino e acompanhamento profissional de perto.

 

Enfim, acho que deu pra entender bem sobre o assunto, a evolução nesse esporte é constante, não há limites para o seu sonho! E sempre lembre que não importa qual nível você esteja, sempre procure se divertir na água (por que se não você se torna um haole) e se deseja evoluir para o próximo nível do seu surf, procure sempre aprimorar os 4 pilares: equipamento, físico, mental e técnica.


_4) você entra pra uma comunidade, faz novas amizades (é feliz de verdade):

Você não vai simplesmente começar um esporte, você vai entrar pra uma família gigante. A comunidade do surf é muito acolhedora, existem apenas algumas regrinhas básicas de convivência que você precisa estar ligada:

_não rabeirar a onda de ninguém

_ao colar em um pico novo: respeite os locais e principalmente a praia, recolha o seu lixo ou o que ver pela frente


5 motivos para você começar a surfarSurfistas: Maria Julia Argollo, Bárbara Rizzeto e Ysia Mahara | Foto: Neno Guto


O surf é uma família onde todos estão dispostos a te ajudar, desde dicas ou até mesmo emprestando algum equipamento, etc. Então com certeza você fará novas amizades, pois é muito mais divertido (e seguro) surfar com a galera, se prepare pra fazer muitas amizades!


_5) o surf é um esporte inclusivo:

Não existe idade, sexo, gênero, peso ou deficiência que te impeça de surfar! Como eu disse antes, o surf é um esporte para TODOS! Não há restrições, muito pelo contrário, adaptações sempre podem ser pensadas para te incluir da melhor maneira no esporte. Posso citar o exemplo mostrado no filme Soul Surfer que narra a história de Bethany Hamilton, surfista que perdeu o braço em um ataque de tubarão porém não desistiu do esporte após o ocorrido. Seu pai adaptou a prancha dela com um apoio para a mão para ela conseguir furar as ondas e passar a arrebentação sem perder a prancha.

Aqui na minha cidade, um amigo meu que dá aulas de surf adaptou uma prancha de SUP, com uma cadeira de bar (aquelas vermelhas de plástico sabe?) para um aluno que é cadeirante poder sentir a experiência do surf!


Então não se limite ou use desculpas, o surf é para TODOS, a única pessoa que te impede é você mesmo, lembre-se disso quando duvidar que é capaz!


Beijos e boas ondas,

Gabi


_

Escrito por: Gabriele Purnhagen | @gabipurnhagen

Leia também: O que o surf me ensinou (e ensina) na vida

Voltar
Feito por mulheres

Vem com a gente!

Quer ficar por dentro de tudo que acontece por aqui e ainda receber descontos exclusivos?